segunda-feira, 5 de março de 2012

Miradouro do Cais das Colunas

Foto: M&S

A última vez que fui a Lisboa estive aqui e agora que estou quase de volta para mais uns dias, sonho em repetir este momento único, este quadro não me sai da cabeça e nem no Louvre me esqueço dele! 
Em frente ao Terreiro do Paço as suas colunas dão-lhe o nome e é através delas que podemos tocar o Tejo e mergulhar com o olhar numa vista plana sobre o Tejo, Cacilhas e Almada, sentir o pulsar da cidade e os movimentos constantes das pessoas que todos os dias passam por lá para apanhar os cacilheiros e atravessar o rio.
Neste local sentimos uma grande carga histórica, foi por aqui que a ligação da cidade ao rio  foi feita durante muitos séculos sendo também conhecido como a “porta da cidade”.
O Cais esteve sempre integrado no projeto da Praça do Comércio, aquando da reconstrução da cidade depois do grande Terramoto de 1755, assinado pelo Arquiteto Eugénio dos Santos, a sua conclusão remonta aos finais do século XVIII. 

As duas colunas, que abraçam a escadaria de pedra que desce até ao rio dão vontade de relaxar de sonhar.

Avenida Infante Dom Henrique
Terreiro do Paço
1100 LISBOA

Sem comentários:

Enviar um comentário